domingo, 26 de julho de 2009

Vergonha

Considero-me uma pessoa tolerante, apaixonada e vibrante nas minhas crenças, mas tolerante. Acho sinceramente que sei respeitar opiniões diferentes da minha, mas tenho alguns grandes "defeitos", não suporto a mentira, a falta de escrúpulos, e a falta de vergonha.

Há coisas que realmente conseguem mexer comigo, e neste caso este individuo consegue enojar-me com a sua falta de vergonha.

É incrivel a falta de pudor com que este individuo se consegue apresentar publicamente depois da forma ruinosa como quase conseguiu assassinar a minha cidade...

Este caso é muito mais profundo e grave do que escolhermos o candidato mais capaz para o cargo, mas sim escolhermos entre alguem serio, honesto e competente, e alguem que teve uma gestao profundamente danosa, e que foi a grande cara de uma tentativa de homicidio da nossa cidade...

O perigo é real, mas como confio na inteligencia dos eleitores da cidade naqual nasci ha 25 anos e naqual vivo desde esse dia...

Aqui fica uma pequena demonstração: